sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Talvez...

Talvez seja isso, não fazer questão daquilo que julgava essencial.
Talvez, esquecer o que eu tanto quero para se aproximar daquilo que eu realmente preciso.
Talvez deixar pra lá, aquilo que nem fez questão de ficar.
Talvez entender e não fazer mais questão, de tudo que angustia o meu coração.
Chegou a hora de desapegar de ilusões, caprichos e manias...
Talvez ouvir mais um não...
E somente então, não fazer mais questão.
Talvez...