quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Palmas

Palmas pra mim,
que tanto amei.
E hoje aqui,
estou sem ninguém

Palmas por acreditar,
por sonhar, por me iludir.
Não sei como consegui
acreditar nisso tudo, é o fim.

Palmas por achar
algo lindo nisso tudo.
Me dê cartas de amor,
que eu rasgo tudo!

Palmas por eu querer
usar uma aliança.
Me enforcar no círculo,
acabou a esperança!