sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Passado

Vivo do passado,
desconheço o presente.
O futuro pra mim
é uma peça ausente.

Tento me libertar
do meu triste passado.
Como acreditar naquele
que deitar ao meu lado?

Não tenho raiva de nós,
mas de um certo alguém, imagine.
Traumatizada, esse é o nome
do ‘’nós’’ que se tornou um crime.

Pessoa diferente,
situação parecida.
E o medo de sofrer
me deixa perdida.

E se eu me afastar
saiba, não o fiz por covardia.
E sim por temer o futuro
que talvez o passado me traria.