sexta-feira, 19 de julho de 2013

Dessa vez


Dessa vez quero ser a complicada,
que nunca está satisfeita.
Quero ser aquela que mesmo longe,
fará você ficar na espreita.

Dessa vez, a paciência será
o amuleto de alguém.
Pra usá-la comigo
e não me arremessar ao trem.

Dessa vez serei a insegura,
que não sabe o que deseja.
Serei o medo, que faz
perder o amor que tanto almeja.

Dessa vez, quem vai embora sou eu
se uma discussão começar.
Correrás atrás de mim,
pra tudo normalizar.

Dessa vez, quem decide
o que acontece sou eu.
Afinal quem muito ordena,
no passado apenas sofreu.