terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Loucura Compatível





Como conseguir explicar
quando dois loucos se encontram
Como não gostar,
se os gostos parecidos são tantos?

Um fala, o outro ri,
Um reclama,e o 
outro muito calmo,
finge não ouvir.

Nos momentos íntimos,
eles tem muito a mostrar.
Um mais louco que o outro,
e cada um a sua loucura 
quer apresentar.

Eu e ele, ele e eu,
uma coisa irresistível.
Nunca mude, continue assim
nossa loucura compatível.