domingo, 7 de agosto de 2011

Eu




Falo o que penso,
não vim pra agradar.
Caso não queira ouvir,
favor não provocar.

Não julgue meu silêncio,
pode ser minha defesa.
Me aceite como eu sou, 
é minha natureza.

Minha vida pessoal,
a ninguém interessa saber.
Eu faço o o que eu quero,
pronta pra ganhar ou perder.

O que gosto de ouvir,
pode não te agradar.
Essa sou eu,
se me quiser terá de aceitar.