terça-feira, 24 de maio de 2011

Regresso


Neste momento,
e estou a observar.
Tudo que viví,
e deixei passar.

Com o tempo aprendi,
errei, sofrí, sorri, me perdi.
Chorei, abracei, reneguei,
até as simpatias me entreguei.

Finalmente dessa vida eu saí,
até descobrir o que eu queria.
Mais uma vez não deu certo,
e de repente você aparece por perto.

Voltei a sorrir a amar,
só não sabia que você
ocupava esse lugar,
o mais difícil de entrar.

Minha vida mudou,
o choro cessou,
sofrimento acabou,
tudo de bom se realizou. 

Te agradeço, não sei se mereço,
algo tão grandioso.
Mais ao deitar com você,
que prazer gostoso.

E sendo assim,
nunca vai acabar esse momento.
E o meu regresso,
só no pensamento.